Kaolin

INCI Name (CAS): Kaolin (1332-58-7).

O QUE É?

Kaolin é um minério composto de silicatos hidratados de alumínio, como a caulinita e a haloisita, e apresenta características especiais que permitem sua utilização na fabricação de cosméticos, papel, cerâmica, tintas, etc.


O termo Kaolin (china clay ou também Kao Ling) se refere a uma colina ao norte da China, onde o material era inicialmente obtido. É formado essencialmente pela caulinita e apresenta, em geral, cor branca ou quase branca, devida ao baixo teor de ferro. É um dos seis minerais mais abundantes do topo da crosta terrestre.


USOS

A primeira utilização do Kaolin foi na fabricação de artigos cerâmicos e de porcelana, há séculos atrás. A partir de 1920 teve início a aplicação do Kaolin na indústria de papel, sendo precedida pelo uso na indústria de borracha. Posteriormente, passou a ser utilizado em plásticos, rações, cosméticos, produtos alimentícios e farmacêuticos, fertilizantes e outros.


É formado por um grupo de silicatos hidratados de alumínio, principalmente caulinita e haloisita. Contém também outras substâncias sob a forma de impurezas: palhetas de mica, grãos de feldspato, óxidos de ferro e titânio, etc. Embora o mineral caulinita seja o principal constituinte do Kaolin, outros elementos além do alumínio, silício, hidrogênio e oxigênio acham-se geralmente presentes.


Pode ser utilizado para adição ou substituição das argilas plásticas. Apresentam plasticidade e resistência mecânica, a seco.


Na indústria cosmética, o Kaolin é extremamente útil devido à sua estrutura fina e leve, ideal para garantir propriedades sensoriais e reológicas delicadas. Sua dureza é de 2 Mohs, sendo macio e não abrasivo, apto a ser utilizado em cosméticos para tratamento da pele do rosto e do corpo, mesmo em pessoas de pele sensível, além de benefícios aos cosméticos, como melhora do sensorial e da estabilidade, além da atividade detoxificante, graças à característica de absorção de ambos, substâncias oleosas e aquosas. 


O tamanho médio da partícula é de 1 mícron, e é completamente inerte e atóxico, podendo inclusive ser ingerido.


Kaolin é do grupo dos argilominerais, que são materiais naturais, de característica plástica quando hidratados e compostos por partículas extremamente finas de filossilicatos, estruturas com a forma de múltiplas camadas, com uma folha tetraédrica ligada por átomos de oxigênio em folhas tetraédricas e octaédricas de alumínio.


Estes filossilicatos complexos podem conter diferentes tipos e concentrações de metais, tais como: titânio, magnésio, cobre, zinco, alumínio, cálcio, potássio, manganês, lítio, sódio e ferro.


Os argilominerais têm como origem as rochas sedimentares (feldspáticas) que ao longo dos anos (na escala dos milhões de anos) e sob os efeitos dos processos climáticos se desmancham.


Neste percurso, os argilominerais recolhem metais e componentes característicos do terreno em que se encontram, sofrem ação das águas e dos compostos orgânicos presentes em cada microrregião e formam, então, o produto mineral que se conhece por argila.


Desta forma, é possível compreender que cada argila é única, resultado da composição exclusiva da terra, da água e dos processos climáticos que ocorreram em determinado local.


Confira os estudos completos na literatura.


DOSAGEM USUAL

2 a 90%. 

74562334454.jpg

Acesse a categoria desejada abaixo: