Flavorizante Laranja

Descrição Química (CAS): Consultar Literatura.

O QUE É?

Flavorizar, edulcorar e colorir uma preparação farmacêutica para administração oral é crucial à adesão da terapia medicamentosa pelo paciente, especialmente se a formulação for destinada ao uso farmacêutico. A correção de sabores desagradáveis e flavorização personalizada da preparação farmacêutica em acordo com a preferência individual do paciente pode constituir um diferencial de mercado.


A flavorização de uma preparação farmacêutica é complexa, pois a percepção do paladar agradável ou desagradável depende de preferências individuais. É necessário checar com o paciente uma possível sensibilidade alérgica a um flavorizante. É importante ressaltar que alguns conservantes também podem agregar sabor à formulação.


Os parabenos, por exemplo, podem transferir para a formulação um aroma floral indesejável (metilparabeno) ou uma sensação de dormência na língua (propilparabeno). Além disso, fazer uma escolha adequada e racional do edulcorante a ser associado ao flavorizante também interfere na flavorização. Utilizar ácidos, tais como, tartárico (0,1-0,3%), ácido cítrico (0,3 - 2%), málico, ou fumárico pode ser uma estratégia para realçar o sabor de frutas.


INDICAÇÕES

  • Antibióticos: cereja, abacaxi, laranja, framboesa, banana + abacaxi, banana + baunilha, morango + baunilha, limão, cereja.

  • Anti-histamínicos: cereja, canela, uva, framboesa.

  • Descongestionantes / expectorantes: cereja, coco, menta + morango, morango, limão, laranja, laranja + limão, abacaxi, morango, framboesa, Laranja.

  • Barbituratos: baunilha, canela + menta, morango, laranja.

  • Eletrólitos: Laranja, uva, Limão.


INGREDIENTES AROMATIZANTES

Aromatizante natural, veículo maltodextrina, aromatizante idêntico ao natural, goma arábica, estabilizante, antioxidante BHA.


DOSAGEM RECOMENDADA

0,1 a 2 %, dependendo da formulação.

74562334454.jpg

Acesse a categoria desejada abaixo: