Rua Dona Ana Prado, 245 - São Carlos-SP 16 3509-1900 0800-600-6411

Item adicionado ao orçamento


Marine Juvenium

Gostou? compartilhe!

Marine Juvenium

Especializada na concepção, desenvolvimento e fabricação de ativos e vetores, com base em materiais biológicos, a BASF Beauty Care Solutions pode propor, hoje, uma gama muito ampla de opções para a otimização de ativos cosméticos.

Independentemente dos recursos e particularidades inerentes a cada tipo de vetor descritos detalhadamente nas páginas a seguir, o princípio básico do encapsulamento de origem vegetal permanece o mesmo do encapsulamento colagênico.

De fato, consiste em envolver ativos cosméticos em uma matriz de polissacarídeos reticulados, de modo a protegê-los de incompatibilidades ou agressão externa (oxidação, ingredientes de formulação...) e, de acordo com o tamanho desses reservatórios, para ajudar esse ativo a agir com mais eficiência por um longo período de tempo na pele.

A vetorização é o meio mais eficaz de prolongar a integridade estrutural dos ingredientes ativos nos cosméticos. Mais e mais profissionais estão começando a entender essa realidade. No entanto, quando confrontado com a ampla gama de vetores cosméticos disponíveis, é importante selecionar um vetor que atenda aos padrões de qualidade extremamente rigorosos.

Nesse campo, a qualidade pode ser resumida em cinco objetivos:

✓ A separação perfeita do ingrediente do restante da formulação,

✓ A biocompatibilidade total do vetor e seus subprodutos,

✓ A biodegradabilidade da matéria-prima usada para encapsular os ingredientes ativos,

✓ A estabilidade dos compostos ativos encapsulados,

✓ Um agradável efeito cosmético.

O polímero usado para o processo de microencapsulação é mais frequentemente um polímero sintético para aplicações farmacêuticas (policianoacrilato, poliestireno ...) e, nesse caso, a dessorção física é a principal explicação para o efeito DDS observado com esse tipo de vetores.

A originalidade da BASF Beauty Care Solutions era selecionar polímeros no setor de biopolímeros naturais, de modo a basear o efeito DDS na biodegradabilidade do polímero usado para realizar o encapsulamento.

Esses biopolímeros são extraídos e intensivamente purificados: são proteicos (colágeno marinho, por exemplo) e polissacarídicos (glicosaminoglicanos marinhos, por exemplo).

Biovetores

Qual é o conceito do sistema de administração de medicamentos?

Quando uma substância ativa deve ser utilizada na pele com um objetivo "terapêutico", a primeira maneira de obter um efeito contínuo é: repetir doses, para ter séries de curtos períodos ativos.

Exemplo: uma formulação convencional com uma vida útil de cerca de 6 horas tem apenas 2 horas de efeito terapêutico (acima do limite da região terapêutica, no diagrama, entre a primeira e a terceira hora). Consequentemente, para obter uma atividade relativamente constante, a dosagem deve ser repetida pelo menos a cada três horas.

Um segundo método consiste na escolha de um biovetor capaz de conferir uma atividade mais duradoura ao composto terapêutico. A qualidade do medicamento é importante, mas o biovetor usado para liberar a substância ativa será determinante no sucesso do tratamento

Exemplo: o mesmo produto, normalmente ativo por seis horas, fica ativo por cerca de 13 horas e o período terapêutico atinge nove horas (versus duas horas usando uma formulação convencional).

Concentração usual
3,0%

INCI Name (CAS): Water (7732-18-5), Butylene Glycol (107-88-0), Magnesium Ascorbyl Phosphate (114040-31-2), propylene glycol (57-55-6), Xanthan Gum (11138-66-2), Polysorbate 20, Atelocollagen (9007-34-5), Sodium Chondroithin Sulfate (-), Ethylparaben (120-47-8), Methylparaben (99-76-3), Propylparaben (94-13-3).

Não informado


Aplicação

Preço Sob Consulta



Clique na imagem para ampliar.