• Redação

Cãibras

A cãibra é uma contração muscular rápida, dolorosa e de caráter involuntário. Pode aparecer em diversas áreas do corpo, mas, de maneira geral, surge nos pés, pernas ou mãos, nas áreas da panturrilha e atrás das coxas.






De acordo com o blog Tua Saúde, elas não costumam ser graves e duram, no máximo, 10 minutos. Surgem, principalmente, após a prática intensa de exercícios físicos, desidratação, durante a gravidez ou devido a problemas de saúde (como carência de minerais, diabetes, doenças hepáticas, miopatia etc.).


Entretanto, quando a cãibra aparece mais de uma vez ao dia ou demora mais de 10 minutos para passar, é recomendado procurar um médico para identificar a causa e prescrever algum tratamento.


O Tua Saúde ainda lista as principais possíveis causas:


1. Excesso de exercício físico, devido à fadiga muscular ou carência de minerais no tecido muscular.

2. Desidratação.

3. Carência de cálcio ou potássio, substâncias essenciais para contração e relaxamento musculares.

4. Tétano, já que há uma ativação constante das terminações nervosas corporais.

5. Má circulação, devido à distribuição desigual de sangue e, consequentemente, de oxigênio.

6. Determinados medicamentos, tanto os que possuem ação diurética, como os que fazem surgir contrações musculares involuntárias.


Geralmente, o alongamento e a massagem no local afetado aliviam a cãibra, porém, ainda há outros meios que ajudam a prevenir o sintoma: ingestão de alimentos ricos em potássio, cálcio e magnésio; hidratação correta; não praticar exercícios físicos logo após as refeições; alongamentos antes e após os exercícios e alongamentos logo antes de dormir, no caso de cãibras noturnas.


ATENÇÃO: a cãibra também pode ser causada por alguns problemas de saúde, como em casos de diabetes, doenças hepáticas ou carência de minerais. Nestes casos, o médico pode recomendar tratamento com suplementos nutricionais ou medicamentos específicos para cada situação. Alguns sintomas indicam quando é necessário envolver um especialista, dentre eles: dor intensa e persistente por mais de 10 minutos; inchaço e vermelhidão no local da cãibra; fraqueza muscular após a cãibra e curto espaço de tempo no surgimento. Ademais, se ela não estiver relacionada com desidratação ou excesso de exercícios físicos, também é aconselhado consultar um médico para mais avaliações.


- Fonte: https://www.tuasaude.com/caimbra/