Rosa Mosqueta

INCI Name (CAS): Rosa Canina Fruit Oil (84696-47-9).

O QUE É?

A rosa mosqueta é uma das plantas ornamentais mais conhecidas em todo mundo. A roseira surgiu no oriente e foi introduzida nos países ocidentais pela Grécia. Os colonizadores espanhóis trouxeram-na para o Chile, onde cresce hoje, espontaneamente, nas encostas dos Andes. Das suas sementes extraí-se o óleo.


AÇÕES

  • Emoliente;

  • Hidratante;

  • Condicionante;

  • Regeneradora.


CARACTERÍSTICAS

Trata-se de um arbusto espinhoso perene pertencente à família das Rosáceas, caracterizado por ser uma trepadeira rastejante, com a altura por cerca de 3 a 4 metros; folhas alternadas elíptico-ovalada, agudas ou cuminadas, de cor verde escuro na parte de trás e verde claro na parte frontal, com até 4 mm de comprimento, 5-7 membros serrados; inflorescências solitárias agrupadas em corimbos apicais de 3-7 flores. Essas mesmas flores são grandes, de cor branca ou rosa, aromáticas, com 5 sépalas e 5 pétalas, com haste alongada e fazem suas aparições durante o decorrer do verão. As flores ao amadurecer apresentam um corpo rosado e carnudo, que lhe dá a aparência de fruto, com cerca de 15 mm de comprimento e encerrando o verdadeiro fruto constituído por 3-5 aquênios farpados.


INDICAÇÕES

Os ácidos graxos insaturados conferem ao Óleo de Rosa Mosqueta a capacidade de regenerar os tecidos, conservando a textura da pele. Estes ácidos são também considerados nutrientes indispensáveis na síntese de prostaglandina, a qual atua nos processos fisiológicos e bioquímicos relacionados com a formação do tecido epitelial, portanto, o óleo possui também ação regeneradora dos tecidos, cicatrizante e emoliente. Um estudo analisou o efeito de cremes à base de óleo de Rosa Mosqueta na atenuação dos efeitos do envelhecimento, especialmente na atenuação de rugas de expressão, chegando a resultados satisfatórios, acredita-se que este efeito se dá devido à presença da Vitamina A.


DOSAGEM / CONCENTRAÇÃO USUAL

  • Cosméticos, cremes e loções cremosas: 2 a 10%.

OBS: Não é recomendado o uso interno devido ao risco de apresentar toxicidade. Se ingerido em grande quantidade pode causar náuseas, vômito e diarreia.


OBSERVAÇÕES

Alterações de cor são esperadas por modificações dos compostos coloridos, sem alterar as propriedades.


Confira os estudos completos na literatura.

74562334454.jpg

Acesse a categoria desejada abaixo: