Psyllium Pó

Descrição Química (CAS): Psyllium gum (Plantago ovata)

(8063-16-9).

O QUE É?

Fibra alimentar de origem vegetal, com efeito prebiótico. É uma erva que mede menos de 50cm e produz flores brancas, agrupadas em espigas na ponta de pequenas hastes. Cresce espontaneamente nos solos áridos e arenosos do Mediterrâneo. Seu nome deriva do grego psylla (pulga), referindo-se a semelhança de suas sementes com esse inseto. 


O seu uso foi popularizado com o advento dos árabes e persas na Índia e começou a ser utilizada pelos europeus no início do século XIX. Com exceção da casca da semente, onde encontra-se grande quantidade de fibras, as demais partes da planta não tem uso medicinal. 


BENEFÍCIOS

  • Estimulante;

  • Sudorífero;

  • Antidiabético;

  • Laxativo mecânico suave;

  • Emoliente;

  • Demulcente;

  • Ação gelificante;

  • Aumento de mucilagem no intestino;

  • Redução do colesterol. 


INDICAÇÕES

  • Gases, diabete tipo 2, induz movimento intestinal, prisão de ventre, reduz colesterol total, o LDL, e o ácido úrico, redução do risco de doença cardíaca coronariana.

  • Quando ingerido antes das refeições pode reduzir a sensação de fome. 


CONTRAINDICAÇÕES

  • Cólicas abdominais de origem desconhecida;

  • Constrição ou estenose intestinal;

  • Diabetes mellitus, onde o ajuste de insulina é difícil.


EFEITOS COLATERAIS

Pode favorecer a formação de gases e flatulência, mas esses sintomas desaparecem após algumas semanas. 


PRECAUÇÕES

Como o efeito laxante se dá pela absorção de água a nível intestinal, deve-se elevar o consumo de líquidos durante o uso do psyllium.


Caso surgirem reações indesejáveis, suspender o uso. 


INTERAÇÕES 

É recomendado um intervalo de 1 a 2 horas entre a ingestão de fibras e outros medicamentos. Pode ocorrer um aumento do efeito quando utilizado com outros produtos ricos em fibras ou pectina.


MODO DE USAR

Fitoterápico:

  • Adultos: 10 a 20g ao dia, nas principais refeições e/ou ao deitar. Distribuir normalmente em doses de 3,5 - 5g com 200 ml de líquidos para cada dose.

Para crianças de 6 a 12 anos utiliza-se a metade da dose.

  • As fibras de psyllium podem ser adicionadas a um copo d'água, suco de frutas ou ainda a sopas, saladas, massas de pães e bolos.

  • Quando misturado a líquidos deve ser ingerido imediatamente pois o aumento de volume da mucilagem deve ocorrer nos intestinos.

  • Decocção para uso externo: 5g semestes em 100ml de água. Fazer limpeza de feridas, gargarejo, compressa. Pó: 10 a 30g por dia, em 2 ou 3 doses com bastante água. Como antidiarreico 30g por dia, durante 2 a 4 dias. Aromatizar de preferência. 

  • Duração da administração: seu uso mínimo recomendado é de 3 dias consecutivos. Após esse período, poderá ser estabelecido um consumo de acordo com as necessidades individuais. 

74562334454.jpg

Acesse a categoria desejada abaixo: