Rua Dona Ana Prado, 245 - São Carlos-SP 16 3509-1900 0800-600-6411

Item adicionado ao orçamento


Antiginástica

Gostou? compartilhe!

Antiginástica

Saiba mais sobre

Você sabe o que é antiginástica?

A antiginástica foi criada em 1970, na França, pela fisioterapeuta Thérèse Bertherat, com base nas pesquisas realizadas pela sua colega, Françoise Mézières.

Bertherat acreditava que muito dos problemas físicos eram originários do excesso de tensão, encurtamentos e contrações de uma poderosa cadeia de músculos na parte de trás do corpo, indo da base do crânio até debaixo dos pés.

 

Quem deve fazer a antiginástica?

A antiginástica é direcionada para cada parte do corpo: pés, ombros, olhos, mandíbulas, costas, abdômen, períneo, diafragma, espinha, clavículas, e consiste em reconhecer e despertar áreas que estão “adormecidas” ou que perderam mobilidade ou sensibilidade, porém não é necessário estar com alguma enfermidade para começar a realizar esse procedimento, pois o objetivo é o mesmo para todos: o de aumentar o bem-estar.

Para praticar a antiginástica não tem segredo ou requesitos, “você só precisa ter um corpo”, brincou Bertherat, “O corpo gosta de bem-estar e, uma vez que o encontra, vai querer mais”. Quando se esfrega repetidamente a palma de uma mão, pode-se estar, sem saber, ajudando de alguma maneira a alongar o músculo do trapézio. E, ao movimentar a língua repetidamente, estamos fortalecendo ou soltando a traqueia – ou, ainda que seja difícil notar, fortalecendo também as pernas.

 

A antiginástica tem um orientador?

A realização da antiginástica é orientada por um instrutor, porém não há padrões. Cada um trabalha com o seu próprio corpo da melhor forma que for conveniente e, o instrutor, apenas dá dicas sobre como proceder e o porquê desse procedimento.

A antiginástica é uma prática corporal que busca o autoconhecimento do corpo.

 

Fonte: G1 Globo / BBC Brasil.



Gostou? compartilhe!